Serviço Social ajuda legalizar vítimas de abuso e violência

ex-padastro-600Em dois anos, 108 brasileiros foram atendidos em Massachusetts e 11 conseguiram documentação para se legalizar no País
Fabiano Ferreira

Imigrantes que sofrem violência doméstica ou urbana nos Estados Unidos podem obter a legalização por meio da ajuda do Serviço Social Católico, instituição criada em 1964 e que atende a população com diversos serviços. Ao todo são 15 postos de atendimento espalhados pelo Estado de Massachusetts e que contam com profissionais especializados em diferentes áreas (veja contatos nesta página). Somente nos últimos dois anos foram atendidos 108 brasileiros, dos quais 11 conseguiram a documentação para permanecer legamente nos Estados Unidos. Tudo é feito gratuitamente pelo setor de Imigração do Serviço Social Católico, desde que o requerente preencha os requisitos.
Segundo Átila Soares, há dois tipos de atendimento, que podem resultar na concessão do U-Visa ou do VAWA.
No primeiro caso, pessoas que sofreram algum tipo de violência como crime, assaltos com armas, estupro, abusos que resultaram em danos físicos ou mentais evidentes podem entrar com o pedido para obter o Visa. Já no VAWA é para quem está num relacionamento e sofre abuso e ameaças do companheiro.
Em ambos os casos, uma das condições é ajudar a polícia nas investigações, fornecendo o máximo de informações que ajudem a chegar até os infratores. Todo o atendimento é gratuito desde que a pessoa se enquadre nos requisitos exigidos pelo serviço, comprovando a baixa renda, por exemplo.
Casos mais comuns
Os crimes mais comuns e que levam a pessoa a obter a mudança de status no país estão ligados à violência infantil e crueldade nos casamento. Entre os brasileiros que procuram U-VISA, a violência doméstica é a base mais comum. Segundo os advogados do Serviço Social católico, o abuso de crianças é também um dos motivos freqüentes para os brasileiros buscarem o U-VISA.

Se uma criança que já é cidadã americana for de abuso, o pai não-cidadão pode requerer o U-VISA, mesmo não sendo “vítima direta”. Quem passar por estes problemas mas não se enquadra nos requisitos necessários para receber ajuda obtém orientações do Serviço Social Católico de quais profisssionais especializados podem procurar para contratar.

CONHEÇA UM CASO REAL –  “Maria” (nome fictício) veio de Fortaleza para os Estados Unidos com visto de turista em 2006. Seis meses depois, sua permanência autorizada expirou, mas ela continuou a viver em Hyannis (MA, trabalhando como faxineira. Ela conheceu “Jhon” (nome fictício), cidadão dos Estados Unidos, e eles se casaram em 2008. Seis meses depois do casamento, ele começou a beber muito e a ficar com ciúmes e violento. Maria queria deixá-lo, mas ela estava preocupada porque precisava do seu greencard. Mas ela decidiu que não aguentava mais e contatou a polícia de Hyannis. Maria foi para um abrigo de mulheres e obteve ordem de restrição contra Jhon, além de cooperar com a Justiça para comprovar que o marido a agredia.
Neste caso, ela poderia requerer tanto o VAWA quanto o U-VISA. Ela era elegível para VAWA porque era casada com um cidadão dos EUA e ele era abusivo. Maria era elegível também para o U-Visa porque era vítima de violência doméstica, relatou o crime e cooperou com a Justiça.
Diante deste caso, o Serviço Social Católico ajudou Maria a aplicar para o VAWA. Ela recebeu um greencard e ficou elegível para a cidadania depois de três anos. Agora ela tem todos os direitos que a cidadania traz e pode, inclusive, trazer seus filhos do casamento anterior para viver como residentes legais nos Estados Unidos.

 

ONDE BUSCAR AJUDA

Fall River – 1600 Bay Street …………………………………………………(508) 674-4681
New Bedford – 238 Bonney St ……………………………………………(508) 997-7337
Hyannis – 261 South St, ……………………………………………………..(508)-771-6771
Brockton – 231 Main Street, Suite 201, ………………………………….(508) 586-2110
Chelsea – 148 Shawmut St, …………………………………………………..617) 371-1234
Worcester – 14 E Worcester St Ste 300………………………………….. (774) 243-3900
Worcester – 10 Hammond St ……………………………………………….(508) 798-0191
Framingham – 63 Fountain St Ste 304, ………………………………….(508) 620-1830
Lynn – 181 Union St # 201a …………………………………………………(781) 599-7730
Cambridge – 1 West St ………………………………………………………..(617) 661-1010
Boston – 197 Friend Street, …………………………………………………(617)-371-1234
Boston – 115 Broad Street, 3rd Floor ……………………………………..(617) 399-6720
South Boston – 275 W. Broadway ………………………………………….(617) 464-8100
Boston – 100 Franklin St # 1 …………………………………………………(617) 542-7654
Pittsfield – 88 South St ………………………………………………………..(413) 445-4881

 

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump