Raio-X Eliseu Caetano

eliseu19421Como foi a mudança de vida para os EUA?
Nossa, acho que foi parecida com a de muitos brasileiros que aqui estão ou já estiveram. Eu decidi vir passar uma temporada em Nova York para estudar inglês, viver uma outra cultura mais de perto, conhecer gente nova, enfim, mudar de ares. Assim que cheguei, recebi o convite para fazer parte da equipe de um novo Planeta Brasil e cá estou.

O que mais gosta daqui e do que mais sente falta?
Daqui gosto de tudo. Das facilidades, desde o transporte público à qualidade do atendimento em restaurantes, por exemplo. Gosto do clima também. Apesar de ter sido criado na praia, admito que gostou muito de um friozinho.

Já sobre sentir falta… nossa, sinto saudade de muita coisa! Da praia, onde começa o meu dia quando estou no Rio de Janeiro; da minha avó, que é a pessoa mais especial que tenho nesse mundo; do meu irmão mais novo Felipe e também muito mesmo dos amigos, que são a família que podemos escolher. Então sinto falta dos beijos, abraços, sorrisos e até dos desentendimentos.

Como você se define?
Essa pergunta é difícil. Acho que não dá pra me definir. Geralmente uso: “niteroiense de nascimento, vascaíno de coração, Grande Rio (escola de samba) por emoção, jornalista por vocação e protestante por chamado”. Mas há muitos outros adjetivos – uns bons e outros nem tanto – que poderia usar. Risos.

Algum lugar imperdível para conhecer durante um passeio à Nova York?
Sou uma pessoa que curte o dia. Então sempre indico parques como o Prospect Park, no Brooklyn, e o Central Park, em Manhattan. São lugares perfeitos para correr, fazer caminhadas, assistir a shows, fazer piqueniques ou simplesmente curtir o visual e relaxar.

Como está sendo trabalhar como repórter do Planeta, programa que há tanto tempo acompanha a vida do brasileiro que mora nos Estados Unidos?
Tem sido uma alegria! Nunca me imaginei trabalhando na minha profissão fora do Brasil. Poder fazer isso e, ao mesmo tempo, participar de um projeto tão especial quanto o Planeta Brasil é uma honra. Sempre fui repórter de hard news, então brinco que estou acostumado com as muitas coberturas policiais que fazemos no Rio e aqui sou recebido com beijos, abraços, bolo e café. Risos.
Fora que é maravilhosa essa oportunidade de conhecer tantas pessoas com tantas histórias de luta, superação e alegrias. Me sinto um escritor de bons livros e abençoado por poder contar essas histórias.

Qual matéria você fez para o ‘Planeta Brasil’ que mais gostou até agora?
Fico amigo de todo mundo que conheço então é difícil escolher uma! E todos me trataram muito bem e foram bacanas em doar o seu tempo para partilhar pensamentos e histórias de vida comigo e com todo mundo que acompanha o nosso Planeta todos os sábados.
Você já tem alguma previsão de visita a Boston ou região de Massachusetts?
Previsão ainda não, mas vontade sim e muita! Alô povo de Boston e Massachusetts, não deixem de enviar sugestões de histórias pra gente, através das redes sociais do canal internacional, do site e do blog do programa. Tem um monte de maneiras de interagirmos e queremos muito a participação de cada um de vocês! O que não vale é ficar de fora e não assistir o nosso Planeta, afinal o programa é feito com muita dedicação e carinho para vocês!

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump