Preso no Paraguai traficante e chefe do Comando Vermelho

0573-policia-federalA Polícia Federal (PF) prendeu neste última terça-feira (23), em Assunção, no Paraguai, o traficante Luís Cláudio Machado, conhecido como Marreta.

A ação contou com apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Rio de Janeiro (Seseg) e da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) daquele país. Localizado em uma casa de luxo na capital paraguaia, Marreta é considerado o chefe de uma das principais facções criminosas do Rio de Janeiro, o Comando Vermelho.

Ele estava foragido desde fevereiro de 2013, quando fugiu do Instituto Penal Vicente Piragibe, em Bangu, na zona oeste do Rio.

De acordo com a Seseg, Marreta coordenava, do Paraguai, a atuação da organização criminosa e a distribuição de armas e drogas para comunidades dominadas pela facção nas zonas oeste e norte da cidade.

Ele também é acusado de ordenar confrontos contra policiais e ataques às sedes de unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

Na casa onde o traficante foi preso, os agentes encontraram um cofre com dólares, reais e guaranis, a moeda paraguaia. Na residência, estavam duas mulheres e uma criança. A PF informou que Marreta deve ser trazido ainda neste terça-feira(23) para o Brasil. Ele será entregue à Polícia Federal de Foz do Iguaçu e depois encaminhado à Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro.

Marreta é o quinto chefe do tráfico preso este ano. A Subsecretaria de Inteligência (SSINTE), com apoio da Polícia Federal, prenderam os chefes do tráfico dos complexos do Alemão e Penha, conhecidos, respectivamente, como Piná e 2D, o da Mangueira, Russão, e o da Região dos Lagos, Kadu Playboy.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump