Polícia prende mil pessoas por pedir prostitutas online

“Foi uma operação simples, na qual os agentes publicaram anúncios em páginas frequentadas por pessoas que solicitam serviços sexuais“.

Cerca de mil pessoas foram detidas nos Estados Unidos em uma operação em 17 estados contra pessoas que pedem serviços de prostitutas pela internet. Com 249 casos, Houston, no Texas, foi a cidade que teve o maior número de presos. “Foi uma operação simples, na qual os agentes publicaram anúncios em páginas frequentadas por pessoas que solicitam serviços sexuais“, disse Ed González, da chefe polícia do condado de Harris, sob jurisdição de Houston.

A ação no Texas começou no dia 28 de junho e terminou em 31 de julho. “A única coisa que os agentes fizeram foi esperar que o telefone tocasse para marcar um encontro com a pessoa interessada em pagar para ter relações sexuais”, acrescentou González. As detenções aconteceram em diferentes hotéis e motéis que serviram como isca para efetuar os flagrantes. No Texas, solicitar sexo em troca de dinheiro é considerado crime pelo código penal, com pena de até seis meses de prisão e 6.280 reais em multas.

A polícia acredita que a ação de publicar anúncios na internet serve para diminuir o alto índice de tráfico de pessoas registrado no estado, especialmente de jovens que são obrigadas a se prostituir. “Trabalhamos em conjunto com organizações civis e sem fins lucrativos que cuidam da saúde das vítimas de tráfico humano para que estas mulheres e adolescentes possam levar uma vida normal”, contou. O Texas registra anualmente mais de 300 mil vítimas de casos de tráfico de pessoas, entre as quais 79 mil são menores de idade”, segundo um estudo do Instituto de Violência Doméstica e Assédio Sexual da Universidade do Texas, em Austin.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump