Palhaços profissionais protestam os falsos palhaços que fazem terror

Coulrofobia é o termo psiquiátrico que é usado para aqueles que tem medo de palhaços

Homens fantasiados de palhaço assustam adultos e tentam raptar crianças; imprensa está exagerando o tema, diz profissional.

A onda dos “creepy clowns” (palhaços assustadores) tem se espalhado pelas cidades americanas, com incidentes registrados em várias localidades do país. São homens vestidos de palhaços que ficam parados na rua e, em alguns casos, oferecem doces ou dinheiro a crianças, tentando atraí-las para áreas remotas.

Em outros casos, os falsos palhaços simplesmente ficam encarando as pessoas que passam pela rua. Os incidentes estão concentrados nos Estados da Carolina do Norte e do Sul. Um morador da cidade de Greensboro, na Carolina do Norte, chegou a perseguir um dos falsos palhaços, correndo atrás dele com um machado.

Mas o palhaço acabou conseguindo fugir, tanto do perseguidor quanto da polícia. Em Greenville, na Carolina do Sul, houve dois avistamentos de falsos palhaços em um mesmo dia, o que levou o xerife da cidade, Ken Miller, a dar um ultimato. “Isso é ilegal, perigoso e tem de parar”, declarou.

A polícia foi chamada em todos os avistamentos de falsos palhaços, mas não conseguiu prender nenhum deles. Isso tem intrigado palhaços profissionais, que acusam a imprensa de exagerar a onda dos creepy clowns. “Fico pensando em como seria se, em vez de palhaços, as pessoas estivessem se vestindo de aliens, bruxas ou zumbis”, disse o palhaço profissional Toony Van Dukes ao jornal The New York Times.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump