O tigre que atacou criança deu sinais de irritação, segundo Veterinário

Criança atacada no zoo de Cascavel, no Paraná, teve braço amputado.Tigre continua isolado por medida de segurança

menino_ataque_tigre_564646Um menino de 11 foi atacado por um tigre e teve um braço amputado, o animal já havia dado sinais de irritação. Segundo o veterinário Valmor dos Passos, o animal é dócil, desde que tenha o espaço dele respeitado, evitando a proximidade e movimentos bruscos. “Quando o menino corre em frente à grade, o tigre o vê como uma presa, uma caça. Ele estava muito irritado e a qualquer momento iria agredi-lo”, afirmou Passos.

A conclusão é baseada em vídeos registrados momentos antes do ataque, que mostram o menino correndo em frente à jaula do tigre, e tentando acariciá-lo. Ele estava adiante da grade de segurança, e também foi filmado tentando alimentar um leão. O ataque ocorreu na quarta-feira (30), e o menino segue internado, mas sem risco de morrer.

De acordo com o veterinário, o felino pode ter se sentido confrontado com a presença e algumas atitudes do menino. “Ao correr de um lado para o outro, e urinar na grade de proteção, o tigre está demarcando o território dele, mostrando que ali é área dele”, explicou Passos. Ainda conforme o veterinário, o leão também poderia ter efetuado o ataque antes, uma vez que o menino olhou fixamente nos olhos dele, o que também pode ser um sinal de confronto.

Dois dias após o acidente, o tigre continua isolado durante o período em que o parque fica aberto para visitação. Segundo o veterinário, o número de curiosos que desejam ver o animal aumentou após o ataque. Somente após o fechamento do zoológico, o tigre é recolocado na jaula. “É uma medida preventiva para evitar que outra pessoa faça o mesmo que o menino e aconteça um novo acidente”, explicou Valmor.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump