O seletivo senso de ética da mídia brasileira contagia e desinforma

cweb orrupcao mata 578Por Adson Fernandes

Essa palhaçada da mídia brasileira há muito passou do limite.

Qualquer pessoa que tem Empresa que fornece algum tipo de produto ou serviço para Câmaras Municipais, Prefeituras, Governos Estaduais e Federal, conhece bem como funciona o Cartel das licitações fraudulentas no Brasil.

O caso da Petrobras impressiona pelos valores. Fato é que o mesmo acontece por todo o país e em todas as esferas do poder.

É ladrão saindo pelo ladrão, apontando seus bicos sujos para outros tantos ladrões!
Essa foi uma de minhas postagens do facebook durante essa semana, fato é que desde que me entendo por gente venho assistindo os noticiários de TVs e lendo jornais com suas noticias de corrupção no Brasil. Não me lembro de grandes figurões da política e do meio empresarial serem presos até bem pouco tempo atrás.
Essa semana o noticiário brasileiro se fartou com as revelações da nova etapa da Operação Lava a Jato, com muito barulho as noticias foram dadas de acordo com interesse de cada emissora. A Globo abriu o Bom dia Brasil apresentando seu cardápio matutino cujo prato servido era os mal feitos de seus desafetos. Afinal eles querem regular a mídia e isso é um absurdo, só quem pode regular a mídia é ela mesma. No final de cada programa de noticias era anunciado que mais noticias viriam no próximo programa, e realmente vieram, as mesmas noticias no Jornal Hoje, no Jornal da Globo News no período da tarde, no Jornal Nacional e repetidas novamente no jornal da Globo, aquele depois do Programa Jô lá por volta da meia noite. Tudo para que o telespectador fique muito bem informado.
A operação Lava Jato, mostra claramente o poder, a liberdade e a competência da Policia Federal em investigar e prender envolvidos em falcatruas, fatos jamais visto no Brasil em outros Governos. Mesmo sabendo-se que muitos desses investigados e presos são aliados do Governo Federal, quer queiram ou não os opositores isso é um fato positivo para nosso país.
Três fatos negativos a mim chamaram a atenção, o primeiro é o fato de mesmo com todo o trabalho de investigação e prisões realizadas nos últimos anos, a classe política e a empresarial continuam fazendo suas falcatruas com clubes de licitações fraudulentas e surrupiando o dinheiro público.
O outro fato é exatamente o comportamento da mídia que de forma seletiva mostra e omite as informações de acordo com seus interesses políticos. Vale lembrar, que desde o Governo Sarney se tem noticia a boca miúda de corrupção na Petrobras. Mas agora um Ex-gerente da empresa, Pedro Barusco, afirmou em depoimento que vem recebendo propina desde 1997, no Governo Fernando Henrique Cardoso do PSDB. Mas os grandes veículos de comunicação do país não se deram ao trabalho de anunciar essa notícia com a mesma freqüência e estardalhaço. Somente na sexta-feira à noite quando eu estava a escrever esse texto, ouvi o Jornal Nacional mencionar o fato que cita o Governo Fernando Henrique Cardoso, possivelmente o assunto se esgotou e amanhã não tem Bom Dia Brasil para repetir.
O terceiro é a abertura de uma nova CPI para investigar a Petrobras, já investigada com competência pela Policia Federal, não que não seja correto a abertura de mais uma CPI para o mesmo tema, mas sim pelo fato de ter sido feito um acordo para investigar apenas os contratos apenas dos últimos 10 anos, quando existe um depoimento na Policia Federal que afirma que tudo começou em 1997.
No meu entendimento a CPI e todas as investigações deveriam se dá desde o inicio das fraudes e todos os envolvidos do PT, do PSDB e de todos os outros partidos, bem como os empresários corruptores deveriam ir para cadeia. Mas nem tudo é como eu desejo e assim caminha mais uma CPI que também tem tudo para não dar em nada, diante dos acordos feitos previamente por todos os partidos envolvidos.

Tenham todos uma ótimA SEMANA!

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump