Maria Gadú tem lotação máxima nos shows em Boston, Miami e Nova Iorque

Maria Gadu e Gisele Bundchen (3)

Maria Gadu e Gisele Bundchen (3)

A cantora foi prestigiada por Gisele Bundchen e Tom Brady no Chevalier Theater na cidade de Medford, com o público de 1200 pessoas presentes. 

Por Juliana da Matta

Não se fala mais em outro assunto nesta semana. No último sábado (1), a comunidade brasileira de Massachusetts recebeu de braços abertos a conceituada musicista Maria Gadú. Transcendendo expectativas, a cantora animou o público, que não se conteve e dançava em pé no Chevalier Theater em Medford. Além da apresentação de sábado, Gadú também realizou mais duas apresentações no final de semana, uma em Nova Iorque e em Miami. A turnê americana da artista que foi nominada cinco vezes para o Grammy Latino apresenta músicas do seu último álbum lançado em 2015, ‘Guelã’ e foi organizada pela Mr. Groove Productions, produtora de eventos culturais conduzida pelos sócios Claudio Santos e Carlos Henrique Alves e contou com mais de trinta pessoas trabalhando como staff para que a evento corresse conforme planejado.

Maria Gadú foi prestigiada por um dos casais mais famosos do mundo: Gisele e Tom Brady. O jogador dos Patriots quis fazer uma surpresa para a modelo, que é fã assumida da artista, e entrou em contato com a Mr. Groove Productions duas semanas antes do evento. A produtora fez questão de garantir todos os arranjos necessários o quanto antes para que o casal pudesse chegar e aproveitar a festa sem tumulto. Foi reservada vaga no estacionamento, entrada pela porta dos fundos, lugares nas primeiras cadeiras e mantida em segredo a presença dos dois no teatro, que só se sentaram após as luzes do apagarem.

Joe Nicholson, ou também conhecido como o Gringo da Viola, norte-americano de Marlborough foi quem abriu o show para a artista, com músicas de compositores brasileiros de peso como Caetano, Chico Buarque e Geraldo Pereira. O público se demonstrou maravilhado com a falta de sotaque do americano. Como seus pais estavam na plateia, pediu licença ao público e dedicou-lhes uma música do Bob Dylan.

Mas foi na última canção que o jovem músico demonstrou sua verdadeira versatilidade ao fazer um pot-pourri com Tim Maia, Stand by me e Beautiful Girls, de Sean Kingston transitando com facilidade entre ritmos e línguas distintas. Maria entrou no palco e o público foi à euforia. A artista contou com os músicos Gastão Villeroy, Sandro Albert e Joel Rosenbratt para a execução das músicas, e podia-se ver até a equipe de produção e o staff em geral descontraído com a apresentação. Gisele também foi vista cantando, fotografando e filmando o espetáculo.
Conscientizadora social, em determinado momento do concerto, Maria se dirigiu ao público, que ficou vibrante ao ouvir: ‘Em nome do nosso direito de ir e vir, em nome do nosso direito de sonhar, em nome do nosso direito de cantar, em nome do nosso direito de estudar, em nome do nosso direito de votar, em nome do nosso direito de existir, sobretudo sempre, sempre, sempre em nome do direito de  amar: Fora Temer!’.

Após o término do show, muitas pessoas conseguiram cumprimentar e tirar foto com a artista, que mesmo provavelmente cansada após dias de viagens e apresentações, foi extremamente simpática e amável com seus fãs. Os concertos de Nova Iorque, Boston e Miami tiveram ingressos esgotados com a capacitação máxima das casas.

>>>Veja as fotos do Show de Maria Gadú<<<

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump