Lamborghini do papa Francisco é vendido por R$ 3,2 milhões em Mônaco

Modelo que ele ganhou de presente estava estimado entre cerca de R$ 1 milhão e R$ 1,5 milhão; dinheiro será usado para projeto social.

Um comprador pagou no sábado (12), em Mônaco, € 715 mil (cerca de R$ 3,2 milhões, pela cotação no momento) pelo Lamborghini que o papa Francisco ganhou de presente no ano passado, indicou a casa de leilões Sotheby’s.

O Lamborghini Huracán, o modelo de luxo que a fabricante italiana de automóveis deu de presente ao pontífice, estava estimado em entre € 250 mil e € 350 mil (cerca de R$ 1 milhão e R$ 1,5 milhão) no catálogo.

O papa o havia benzido e assinado ao recebê-lo em novembro. A Sotheby’s não informou a identidade do comprador.

O dinheiro da venda financiará um projeto de reconstrução de casas, de lugares de culto e de estruturas públicas na planície de Nínive no Iraque, para ajudar os cristãos expulsos pela guerra a “reencontrarem suas raízes e sua dignidade”, indicou a Santa Sé em novembro.
O Lamborghini do papa também permitirá ajudar uma associação italiana que apoia vítimas de redes de prostituição e duas organizações italianas ativas na África.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump