Katia B. Wanzeler esposa de co-proprietário Telexfree presa no aeroporto JFK em New York

Katia B. Wanzeler foi presa porque tinha um mandado como testemunha material, disse Christina Sterling, porta-voz da Procuradoria dos Estados Unidos

Fonte Boston Globe

2d8a3d275ae43b0d956a4773d602b60fA esposa do co-proprietário da de Telexfree Inc. Carlos Wanzeler foi presa no Aeroporto Internacional JFK nesta última quarta-feira(14) enquanto tentava embarcar em um vôo para deixar o país e se juntar ao marido no Brasil , de acordo com o escritório do procurador dos Estados Unidos.
Katia B. Wanzeler foi presa porque tinha um mandado como testemunha material, disse Christina Sterling, porta-voz da Procuradoria dos Estados Unidos.
Estava programado para ela aparecer no tribunal federal em Brooklyn, Nova Iorque, quinta-feira(15) à tarde . O marido dela já fugiu para o Brasil e é considerado um fugitivo pelas autoridades federais.
Um depoimento apresentado no tribunal quinta-feira(14) detalhou uma odisseia de vários dias em que Carlos Wanzeler conseguiu deixar os Estados Unidos.
Em 15 de abril, o escritório de sua empresa Telexfree Inc, com sede em Marlborough foi invadida por agentes federais que investigam um suposto fraude global de $1 bilhão de dólares, Carlos Wanzeler levou a sua filha Lyvia para o Canadá em BMW da família. Eles cruzaram a fronteira, às 11 horas, no município de Lacolle , Quebec.
Dois dias depois, o pai e a filha embarcaram num voo da Air Canada de Toronto para São Paulo, Brasil. Carlos Wanzeler entrou no Brasil usando seu passaporte brasileiro. No mesmo dia, os agentes federais executaram um mandado de busca para a casa de Wanzeler em Northborough , Katia disse que seu marido estava hospedado em um hotel conforme conselho de seu advogado .
Sócio de Wanzeler , James Merrill , foi preso na semana passada e está sob custódia, enquanto aguarda uma audiência em Worcester na sexta-feira(16) . O nome de Katia Wanzeler veio à tona na investigação de fraude da Telexfree após cheques nominais a ela serem apreendidos por agentes federais no escritório da empresa. De acordo com o depoimento, “ significativas somas de dinheiro foram transferidos “ de contas bancárias da Telexfree em uma conta no banco Wells Fargo, em nome de Katia Wanzeler .
Em 28 de fevereiro, duas transferências para conta dela totalizaram US $ 3,5 milhões, de acordo com o depoimento. Uma transferência de 1,5 milhões dólares para uma conta na Wells Fargo em seu nome. Em abril, poucos dias antes da Telexfree entrar com o pedido de falência em concordata federal, Katia Wanzeler supostamente viajou com o parceiro de negócios de seu marido, Merrill, para buscar mais de US $ 27 milhões em cheques bancários da Wells Fargo , em Connecticut.
A maioria desses cheques foram nominais à Telexfree , mas um dos cheques no valor de mais de US $ 2 milhões foi feito em nome de Katia B. Wanzeler .
A filha do Wanzelers ‘ realmente voltou para os Estados Unidos recentemente, antes de sair novamente. Em 26 de abril , Lyvia Wanzeler voou para Boston em um bilhete de ida e volta. Ela estava programada para retornar ao Brasil em 4 de junho, mas em vez disso saiu em 1 de Maio para a Itália.
No dia 13 de maio, os investigadores disseram em um depoimento, “alguém no Brasil” comprou uma passagem só de ida lá para Kátia, pagando em dinheiro.
A BMW que levou Carlos Wanzeler e sua filha para o Canadá tinha uma placa registrada em nome da imobiliária Acceris Realty Estate, onde Katia é agente imobiliário registrada, de acordo com o depoimento.
O advogado da familia Wanzelers , Paul V. Kelly, disse em um comunicado , “ Kátia Wanzeler não foi acusada de nenhum crime e não havia nenhum impedimento legal para a sua viagem para o Brasil , ou em qualquer outro lugar . ‘’ Ele disse que prendê-la foi “ realmente desnecessário ‘’, acrescentando que” Se fosse informado pela autoridade de que Ms. Wanzeler é considerada uma testemunha material, estou certo de que poderia ter trabalhado em algo para organizar sua presença”.
A Telexfree se transformou uma preocupação global com milhares de participantes, divulgando seus planos de serviço de telefonia via Internet , de acordo com os reguladores e promotores. Mas supostamente gerado quase todo o seu dinheiro através de um esquema de pirâmide, recrutamento de pessoas ao redor do mundo para investir, e prometendo-lhes retornos rápidos, ao ajudar a empresa a postar anúncios da mesma on-line, alegam os promotores.
Os anúncios on-line , no entanto, foram um exercício sem sentido, alegado pelos promotores, para esconder as verdadeiras atividades da empresa. Reguladores de valores mobiliários estaduais e federais apresentaram acusações de fraude civil contra a empresa e seus diretores.

Notícias Relacionadas

  1. vinicius massote
    maio 20, 2014 - 02:07 PM

    O drama causado na comunidade, foi violento.so acho que tem muito pouca gente pagando.
    e preciso tambem envolver os grandes recrutadores que com certeza estao saindo de fininho e sabiam que isto era uma fraude.
    os responsaveis por isto deveriam ser tambem envolvidos pela justica nao somente os tidos proprietaries, se buscar encontra,.

    Reply

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump