Foto comprada a US$ 2 passa a valer milhões por ter bandido Billy the Kid

billy-kid1

Imagem foi comprada em loja de quinquilharias em Fresno, na Califórnia. Autenticidade foi verificada por empresa especializada.

Uma fotografia comprada por US$ 2 em uma loja de quinquilharias e antiguidades em Fresno, Califórnia (EUA), foi analisada por especialistas, que confirmaram a presença do criminoso Billy the Kid jogando cróquete com comparsas. A foto passou a ser avaliada em US$ 5 milhões.

A imagem foi adquirida por um colecionador e depois submetida à análise de uma empresa especializada em numismática, a Kagin’s Inc. No início deste mês, ela comprovou que se trata mesmo do afamado criminoso americano Billy the Kid no verão de 1878 na foto de aproximadamente 13×10 cm.

Em um comunicado, o especialista sênior da Kagin’s David McCarthy disse que foi necessário mais de um ano de estudos para confirmar a autenticidade da foto.
Acredita-se que a foto tenha sido tirada em um casamento, e que o criminoso está jogando cróquete com vários integrantes de sua gangue no Novo México (EUA), conhecida como “The Regulators” (Os Reguladores). Famoso no Velho Oeste.

A única outra foto em que Billy the Kid aparece da qual se tem notícia foi feita em 1880 em Fort Sumner, no Novo México. Com dimensões de cerca de 5×8 cm, a imagem foi vendida por US$ 2,3 milhões em 2010, de acordo com a Kagin’s.

O criminoso, cujo nome real pode ter sido Henry McCarty ou William H. Bonney, morreu aos 21 anos de idade, mas permaneceu como lenda folclórica do Velho Oeste dos EUA por gerações.
Pistoleiro conhecido, ele ganhou ainda mais fama após ser capturado, sentenciado à morte e escapar da prisão depois de matar dois guardas. Ele foi rastreado e morto pelo xerife Pat Garrett em Fort Sumner em 1881. Seu túmulo no local foi envolto por grades depois de ter sido alvo de arrombamento e roubo diversas vezes.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump