Explosão em plataforma de petróleo no Espírito Santo deixa três mortos

acidente-579

O aeroporto de Vitória foi acionado às 13h50 e está com esquema especial para receber as vítimas.

A explosão teria ocorrido após um vazamento na casa de bombas. Em nota, a Petrobras lamentou o acidente a morte dos trabalhadores e revelou que seis pessoas ainda estão desaparecidas.

Tudo aconteceu por volta do meio-dia desta quarta-feira (11) no navio-plataforma FPSO Cidade de São Mateus em Aracruz, no Espírito Santo, deixou três mortos, de acordo com o Sindipetro (Sindicado dos Petroleiros do Espírito Santo), feridos e outros desaparecidos. Segundo informações da FUP (Federação Única dos Petroleiros), são seis desaparecidos.

Cerca de 30 funcionários foram retirados da plataforma em um barco de apoio, disse o diretor do Sindipetro ES, Davidson Lombo. Segundo ele, a explosão foi causada por um vazamento de gás.
O navio operava nos campos de Camarupim e Camarupim Norte, a cerca de 80 quilômetros da capital do Estado, Vitória.

“A plataforma está sem comunicação. Estamos fazendo contato por meio da plataforma Vitória (próxima ao local do acidente)”, disse o diretor do Departamento de Segurança da Federação Única dos Petroleiros (FUP), José Maria Rangel.

A sigla FPSO significa, em português, navio-plataforma estocante de produção. Trata-se de um plataforma de pequeno porte, com a produção de apenas 2,2 mil barris/dia de petróleo em águas rasas. O número corresponde a apenas 0,1% da extração total de óleo da Petrobras. As plataformas de grande porte da estatal produzem, a plena capacidade, entre 150 mil e 180 mil barris/dia.

O aeroporto de Vitória foi acionado às 13h50 e está com esquema especial para receber as vítimas.
Apesar do esquema de emergência, não houve alteração nas operações comerciais do aeroporto, segundo informações da Infraero.

Procurada, a assessoria do governo do Estado do Espírito Santo confirmou o acidente, mas não precisou o número de vítimas, informação a ser prestada pela Secretaria de Saúde, segundo a assessoria. A reportagem não conseguiu contato ainda com a assessoria da pasta.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump