Estudante esfaqueado dentro do trem pode ficar com movimentos da mão

tio menino assaltado 593

Christiano, tio do menino, diz que o ataque foi violento

O estudante Pedro Arthur Britto Santa Cruz, de 18 anos, esfaqueado neste último sábado ao ser assaltado dentro de um trem, pode ficar com os movimentos da mão prejudicados. De acordo com o tio do rapaz, Christiano Britto, uma das facadas atingiu um nervo responsável pela função motora dos dedos. Pedro Arthur passou por uma cirurgia na tarde deste sábado no Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, onde está internado.
Por enquanto, todos os dedos estão se movendo, mas ele está sem sensibilidade no polegar, no indicador e no dedo médio. Ele ainda pode ficar com os movimentos prejudicados. Provavelmente, terá que fazer fisioterapia conta o tio. O rapaz foi atingido por três facadas, duas no braço e uma no ombro, perto do coração. Segundo a família, ainda não há previsão de alta, pois os médicos precisam observar se o rapaz terá algum tipo de infecção. O ataque foi algo muito violento, com requintes de crueldade. Parece que a pessoa tinha intenção de matar meu sobrinho lamentou Christiano. No domingo (30), a Polícia Civil divulgou uma foto do suspeito de ter cometido do crime.
Pedro Arthur foi assaltado e esfaquiado por volta das 11h30 deste sábado(29), dentro de um trem da SuperVia, entre as estações de Quintino e Piedade, na Zona Norte do Rio. Segundo informações do 3º BPM (Méier), a vítima, de 18 anos, foi abordada por um assaltante que levou seu celular. O rapaz estava distraído no momento do crime e só percebeu que estava com dois cortes no braço esquerdo quando chegou à estação da Piedade.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump