Enfermeiro pega prisão perpétua por matar doentes

jail580Um ex-enfermeiro alemão, de 38 anos, foi esta quinta-feira(26) condenado a prisão perpétua pela morte de dois pacientes.

O antigo profissional de saúde reconheceu, em tribunal, ter injetado os doentes com doses letais de drogas para demonstrar a sua capacidade de ressuscitar pessoas, tendo ainda confessado ter praticado este procedimento em cerca de 90 doentes, dos quais 30 acabariam por morrer.

«O acusado é condenado à prisão perpétua», referiu o juiz do tribunal de Oldenbourg, considerando o antigo profissional de saúde culpado de dois homicídios e de duas tentativas de homicídio.

Os crimes ocorreram há cerca de uma década no norte da Alemanha.

Contudo, as autoridades suspeitam que o número de mortes provocadas pelo arguido possa ser bastante superior.

Por esse motivo, cerca de 200 corpos serão exumados para testar eventuais vestígios de doses letais de fármacos para o coração.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump