Em Boston: “não há ninguém fora de casa”

snow 577Boston – A tempestade, apelidada de “Juno” e que estaria acompanhada de ventos fortíssimos de até 120 km/h em algumas regiões, deve causar intensas quedas de neve no nordeste dos Estados Unidos, anunciou o instituto de meteorologia nacional, que emitiu o alerta de tempestade para Nova York e Boston até a fronteira canadense.

O primeiro impacto foi sentido no tráfego aéreo da costa nordeste americana. Na primeira hora da tarde já havia mais de 2.600 cancelamentos  Os aeroportos  de Boston e o três nova-iorquinos (JFK, Newark e LaGuardia), estão paralisados.

“Esta pode ser uma das maiores tempestades de neve da história de Boston”, disse diz autoridades do sistema nacional de temperatura, anunciando fortes medidas preventivas, entre elas a proibição de circulação de veículos privados pelas ruas e estradas da cidade a partir das 11 horas da noite horário locais.

Foram aumentados os serviços de ambulâncias e um número maior de policias nas ruas. As escolas ficarão fechadas nesta terça-feira.

Filas nos supermercados –  O recorde histórico para Boston e região é de um acúmulo de 68 centímetros na cidade, segundo a Agência de Gestão de Emergência da cidade.

Inquieta com o prognóstico, a população se apressou em comprar equipamentos para lidar com a neve, como pás, sal para as ruas e raquetes para o gelo.

Em Boston e região desde domingo à noite os supermercados tinham filas com pessoas que queriam se abastecer com suprimentos.

O presidente americano, Barack Obama, atualmente na Índia, foi informado da intensa queda de neve que se espera no nordeste do país, principalmente de Nova York até Boston, indicou a Casa Branca.

“Funcionários da Casa Branca fizeram contato com as autoridades locais ao longo da costa leste para garantir que não dispõem dos recursos necessários para se preparar e reagir imediatamente à tempestade”, declarou John Earnest, porta-voz do Executivo americano.

No total, mais de 50 milhões de pessoas podem ser afetadas por esta tempestade de neve, que poderia paralisar o transporte.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump