Dez pontos que ricos norte-americanos têm em comum

Os dados fazem parte de um relatório anual do instituto US Trust, que consultou 684 norte-americanos com alto patrimônio líquido com o objetivo de saber como tais indivíduos construíram riqueza. A partir daí, eles chegaram a 10 pontos em comum entre esses milionários.

1. Eles construíram a riqueza para o longo prazo: A maioria da riqueza veio de rendimentos de trabalho e investimento.

2. Eles pregaram o básico: 86% disseram que os maiores ganhos vieram por meio de compra e manutenção de ativos em carteira, enquanto 89% atribuíram suas maiores vitórias para ações tradicionais e títulos de dívida.

3. Eles são otimistas (e oportunistas): A opinião do grupo sobre o potencial de retorno do investimento durante o próximo ano é inclinada para o lado mais otimista e eles estão prontos para investir quando veem uma oportunidade. Um em cada cinco entrevistados manteve mais de 25% do patrimônio em caixa, em grande parte, para atacar quando surgirem oportunidades de compra.

4. Eles usam crédito estrategicamente: Quase duas em cada três pessoas fizeram uso de crédito para construir a sua riqueza.

5. Eles mantêm um olhar atento sobre impostos: Eles são muito sintonizados com potenciais implicações fiscais de suas decisões, com 55% dizendo que mudar de investimento levando em conta este fator é melhor do que perseguir retornos elevados.

6. Eles diversificam em ativos tangíveis e valiosos: Quase metade investe nesses ativos, incluindo investimento imobiliário e terrenos agrícolas. Arte também é um deles, com cerca de 20% escolhendo esse tipo de investimento.

7. Eles são disciplinados: Cerca de quatro em cada cinco entrevistados disseram que investir para cumprir as metas de longo prazo é mais importante do que ganhar dinheiro para o curto prazo, desejos e necessidades.

8. Eles tiveram exemplos fortes: Enquanto os ricos normalmente não vêm de origens abastadas, a maioria foi criada por pais que os encorajaram a perseguir os seus interesses, mas estabelecer limites firmes. Cerca de quatro em cada cinco disseram que isso aconteceu durante a infância. Cinco valores foram citados com maior frequência: desempenho acadêmico, disciplina financeira, participação do trabalho, lealdade familiar e dever cívico.

9. Eles adoram retribuir: Cerca de dois terços afirmaram que a família tinha uma forte tradição de filantropia.

10. Eles estão empenhados em casa: Um total de 86% dos investidores pesquisados é casado ou está em relacionamento de longo prazo.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump