Corpo do ator Domingos Montagner chega a Jundiaí

domingos-montagnerCorpo foi levado de avião de Sergipe a São Paulo nesta sexta-feira (16). Domingos morreu após ser arrastado pelas águas do Rio São Francisco.

O corpo do ator Domingos Montagner chegou às 18h20 desta sexta-feira (16) ao Aeroporto Comandante Rolim Adolfo Amaro, em Jundiaí (SP). O traslado foi feito em um voo particular que decolou às 14h30 do Aeroporto Santa Maria, em Aracaju (SE), segundo informações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Ele será velado e enterrado neste sábado (17) em São Paulo.

O aeroporto de Jundiaí foi escolhido por causa da proximidade com a capital paulista e também por não ter muito movimento. Assim que pousou, o avião foi recolhido para um hangar onde estava um carro da funerária que levará o corpo para São Paulo.

O ator de 54 anos, que interpretava Santo em “Velho Chico”, novela da Rede Globo, morreu afogado na tarde de quinta-feira (15) após ter sido arrastado pela correnteza no Rio São Francisco.
Ele deixa a mulher, Luciana Lima, e três filhos. Em um comunicado no Facebook, a família agradeceu o carinho e o apoio que tem recebido.

Causa da morte – Montagner morreu por asfixia mecânica provocada por afogamento, segundo laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe.
“Nós encontramos algumas lesões superficiais e a causa da morte foi constatada por afogamento”, José Aparecido Cardoso, diretor do IML. O laudo descartou que o ator tenha sentido algum mal-estar antes da tragédia.

Como foi o acidente – Na manhã de quinta, o ator gravou cenas da novela na região de Canindé de São Francisco, na divisa entre Sergipe e Alagoas. Após o término da gravação, ele almoçou e, em seguida, foi tomar um banho de rio, acompanhado da atriz Camila Pitanga.

Após mergulhar, ele afundou e não voltou à superfície. Camila avisou a produção, que iniciou imediatamente a procura pelo ator.
A atriz descreveu o acidente para a polícia. Segundo ela, os dois foram até uma pedra e mergulharam no rio. Depois, ela notou que havia muita correnteza e avisou Montagner. Eles nadaram de volta para a pedra. Camila chegou primeiro e tentou duas vezes segurar na mão do ator, mas a correnteza o arrastou.

As equipes de buscas localizaram o corpo do ator preso nas pedras, a 18 metros de profundidade e a 320 metros da margem, perto da Usina de Xingó.
Segundo o delegado Antônio Francisco Filho, os atores queriam mergulhar em um local mais tranquilo. “Eles acharam que era seguro, mas, na verdade, era um dos mais perigosos para o banho. Esta é uma parte do rio em Canindé que não é comum ser utilizada pelos banhistas”, afirmou.

Segundo o oceanógrafo Gabriel Le Campion, o local onde ocorreu o acidente é conhecido por formar redemoinhos. “É um rio que vem erodindo rochas, há muito tempo, e isso faz com que buracos apareçam e provoquem correntes muito fortes na parte inferior das águas. Isso pode provocar muito refluxo e puxar uma pessoa” ,explicou.

Creditos: G1

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump