Bruno é ovacionado em estreia, mas comete pênalti que tira a vitória do Boa

65764687_PA-VarginhaMG-14-03-2017-Goleiro-Bruno-motreino-no-Boa-time-da-cidade-de-Varginha-MG-ne

Bruno é condenado a 22 anos e 3 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samúdio

Goleiro voltou a atuar no empate contra o Uberaba pelo Módulo II do Mineiro.

Depois de quase sete anos, Bruno voltou a disputar uma partida profissional na noite deste sábado, dia 8 de abril. Preso em 2010 e depois condenado a 22 anos e 3 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samúdio e por sequestro e cárcere privado do filho Bruninho, o goleiro de 32 anos fez sua estreia com a camisa do Boa Esporte no empate em 1 a 1 com o Uberaba, no estádio Melão, em Varginha, pelo Módulo 2 do Campeonato Mineiro.

Bruno Fernandes foi ovacionado pela torcida do Boa Esporte quando entrou em campo e acenou em agradecimento. Nas arquibancadas, diversos dos 1772 torcedores presentes vestiam a camisa do Flamengo, seu antigo clube.

Apesar da falta de ritmo o goleiro mostrou segurança e viu o volante Jean Henrique abrir o placar para sua equipe aos 23 minutos do primeiro tempo. Na volta do intervalo, porém, Bruno cometeu pênalti em cima de Bruno Henrique, aos oito minutos.

O próprio jogador bateu e deslocou o goleiro para empatar.
Com o resultado, o Boa e o Uberaba iniciam o Hexagonal Final do Mineiro com um ponto. Patrocinense e Betinense, ambos com três pontos, lideram. Os dois melhores garantem acesso para a elite do Campeonato Mineiro do próximo ano.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump