Brazilian Women’s Group fala de eleições e defende ID

Charlie card

O Grupo Mulher Brasileira convida para dois acontecimentos importantes nesta quinta-feira, 27 de outubro. Às 15 horas,  na Prefeitura de Boston, os vereadores vão ouvir depoimentos sobre a proposta de criar um cartão de identidade para todos os moradores de Boston.

O cartão, que está sendo chamado de Boston OneCard, se aprovado, poderá servir como o Charlie card e dar descontos em lojas. A proposta é da vereadora Michelle Wu. Ela chama atenção que mais de 140 mil residentes de Boston não têm um ID por causa de status imigratório, ou porque moram na rua ou por causa de identidade sexual.

O painel de vereadores nesta quinta-feira vai ouvir depoimentos sobre a proposta para tomar uma decisão. “Nós apoiamos a medida porque ela vai dar uma identidade igual a todos os moradores, sem identificar quem é sem teto, quem não tem documento ou quem é transgênero, por exemplo”, disse Heloisa Maria Galvão. Heloisa e a equipe do Grupo Mulher Brasileira vão estar na Prefeitura depondo em favor do cartão. Lucimara Rodrigues da Cooperativa de Mulheres, e Haroldo Cassimiro, um trabalhador membro do GMB, vão testemunhar como a família deles pode se beneficiar com a medida.

Quem quiser prestar depoimento ao vivo ou por escrito, pode ligar para o GMB, 617-202-5775.

O outro evento importante nesta quinta(27) é a assembléia anual de membras do Grupo que acontece a partir das 18:30 horas, na sede do GMB, 697 Cambridge Street. O tema da assembléia será eleições.  “Temos que participar mesmo que ainda não votemos porque nossa participação dará visibilidade local a uma comunidade que se mobiliza, participa, faz sua voz ser ouvida e tem interesse politico mesmo que ainda desprovida do direito do voto”, disse Regina Bertholdo, co-fundadora e presidente da Diretoria do Grupo.

Para Ana Nogueira, também da Diretoria do Grupo, é importante votar porque “a democracia depende da participação de cada um. Mesmo os que não podem votar deveriam se manifestar, para fazer pressão e mostrar a comunidade qual é a nossa posição”.

O Grupo tem investido tempo e trabalho voluntário em uma campanha educacional sobre as eleições, inclusive as quatro perguntas que vão ser decididas nas urnas em novembro. O Grupo sugere como votar em cada questão e explica o porquê da sua posição.  Por exemplo, a questão 2 propõe acabar com o limite de escolas charters que podem abrir em Massachusetts. O Grupo vota Não porque acha mais importante fortalecer as escolas públicas.

Quem tiver dúvida sobre o processo eleitoral, pode ligar para o GMB, 617-202-5775.  Até dia 4 de novembro e pela primeira vez na história do Estado, residentes de MA podem votar cedo. Para saber onde você pode votar antes do dia 8 de novembro, acesse este link: thttp://www.sec.state.ma.us/EarlyVotingWeb/EarlyVotingSearch.aspx.

Se você vai receber seu certificado de cidadania antes do dia 8 de novembro, voce ainda pode votar. Leve seu certificado na prefeitura da cidade onde mora e diga que quer se registrar para votar. Voce pode fazer isso até a segunda-feira, 7 de novembro.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump