Brasileiros vencem concurso tecnológico contra zika com aparelho larvicida

mosquito 632O desafio proposto era criar, em apenas 48 horas, soluções inovadoras para combater as doenças transmitidas pelo Aedes, bem como o mosquito vetor

Com um aparelho que joga automaticamente larvicida na caixa d’água, três brasileiros venceram um concurso norte-americano de inovação para combater o vírus da zika e outros transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti na categoria “solução mais implementável”.

O evento Zika Innovation Hack-a-thon foi realizado em Boston e reuniu no início de abril cerca de 150 interessados em saúde global e em inovação. O desafio proposto era criar, em apenas 48 horas, soluções inovadoras para combater as doenças transmitidas pelo Aedes, bem como o mosquito vetor.

Os brasileiros desenvolveram um “Dispensador Automático de Larvicida”. Com o objeto, é possível jogar automaticamente pelo período de um ano quantidades suficientes do produto para manter caixas d’água livres de larvas do mosquito.

O engenheiro Marcelo de Castro e os alunos de doutorado da Universidade da Carolina do Norte Adriano Schneider e Denis Jacob Machado são os brasileiros no projeto, que também contou com a participação de estudantes de outros países.

Aplicação manual não é eficaz – “Castro teve a ideia de criar o dispensador automático depois de ver reportagens veiculadas na imprensa brasileira que mostravam equipes de saúde do governo visitando mensalmente bairros com grande incidência de Aedes para aplicar larvicida manualmente nas caixas d’água”, contou Machado. Segundo o pesquisador, tal medida não é eficaz no combate ao mosquito, pois, como há muita circulação de água no interior das caixas, o larvicida rapidamente se dispersa. “Como a larva do mosquito leva entre 7 e 10 dias para se desenvolver, os reservatórios estariam protegidos somente na primeira semana após a aplicação do produto”, acrescentou Machado. Em apenas 48 horas, com auxílio de uma impressora 3D, o grupo criou um protótipo da ideia. Trata-se de um dispositivo portátil de plástico que fica sob a superfície da água e garante uma concentração segura de larvicida nos reservatórios mesmo após esvaziar e encher a caixa várias vezes.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump