Brasileira grávida é presa pela imigração na fronteira do México e pede ajuda

Maria Vanilda recebe o apoio e ajuda de Juliana Tumolo

Em busca de uma vida melhor para os filhos um casal atravessa a perigosa fronteira do México com Estados Unidos e todos são detidos.

Por Sara Santos

Maria Vanilda é uma brasileira que em busca de oportunidade de uma vida melhor para os filhos decidiu mudar para o EUA. Maria e o marido Edson Pacheco juntamente com os filhos Gustavo Henrique e o Taysson saíram da cidade de Capitão Andrade, Minas Gerais no dia 21 de junho com destino ao EUA.

Mas antes de chegar ao seu destino final, no dia 24 de junho eles se separam. Enquanto caminhavam pela estrada próximo a fronteira dos EUA com o México a família foi presa. A brasileira de 41 anos é mãe de três filhos e está grávida do seu quarto filho. Há mais de um mês ela não ver o seu filho Gustavo e nem o seu esposo Edson, pois eles continuam presos e sem previsão de serem liberados. Maria foi liberada dia 3 de julho e desde então está procurando ajuda para sua família. Maria passou alguns dias na prisão de El Paso.

Segundo ela foram dias muito difíceis, pois não tinha noticias da sua família. Os dias em que esteve longe de seu filho Taysson de apenas três anos foram de muita tristeza e angustia informou Maria.
Após sair da prisão ela foi para um abrigo de uma organização não governamental (ONG) onde os voluntários a ajudaram a localizar Taysson e trazê-lo para que ficasse junto com ela. Um amigo da família ajudou Maria a chegar a Framingham.

Em busca de ajuda Maria saiu pela ruas da cidade onde encontrou o salão Belíssima Salon & SPA e começou a relatar o que aconteceu com a sua família para as pessoas que estavam no local. Uma das sócias do salão, Juliana Tumolo sensibilizou-se com a sua história. Decidida a dar assistência Juliana logo se prontificou a publicar em páginas do facebook um pedido de ajuda.

A história de Maria também foi parar nas rádios da região. Algumas pessoas já fizeram doações de roupas para as crianças e para Maria. Ela também conseguiu um berço para o seu bebê que vai nascer.

Edson e Gustavo Henrique já encontram na mesma prisão, porém sem contato com a família. Eles não sabem falar inglês e nem tem condições financeiras de pagar um advogado. Maria está desesperada para encontrar um advogado para tirar seu marido e seu filho da prisão.

Ela também quer trazer a filha de noves anos que deixou no Brasil aos cuidados de uma irmã, pois o seu desejo é ver novamente sua família reunida para reconstruírem suas vida nos EUA.

Saiba como ajudar: A  família está precisando de ajuda com alimentação e toda assistência possível, quem puder ajudar pode entrar em contato a Juliana Tumolo no Bellissima Salão e Spa em Framingham ou enviar mensagem de texto para Juliana (774) 573-6069 pessoas voluntárias estão ajudando a buscar as doações. Em breve será feita uma conta no gofundme.com

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump