Brasileira é presa após matar companheiro a facadas

O caso aconteceu em um prédio residencial situado no bairro periférico de Campasso, em Gênova, no noroeste da Itália

Mulher alegou que agiu em legítima defesa e que homem a agredia frequentemente; depois de crime, ela ameaçou se jogar de prédio.

Uma cidadã brasileira de 40 anos foi presa nesta quinta-feira, 22, em Gênova, no noroeste da Itália, após ter matado seu companheiro, Alessio Rossi, de 35, a facadas durante uma briga.

Aos investigadores, a mulher disse que agiu em legítima defesa e que ele a “agredia” frequentemente. O caso aconteceu em um prédio residencial situado no bairro periférico de Campasso, e o homem ainda tentou escapar pelas escadas, mas acabou morrendo.

A brasileira se trancou dentro do apartamento e ameaçou se jogar pela janela, porém foi convencida pelas forças de segurança a se entregar. Segundo as primeiras informações, o homem já tinha um histórico de agressões contra a companheira.

O caso é investigado pela Polícia de Gênova, que tenta reconstruir as circunstâncias exatas do homicídio. /ANSA

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump