Atlético Mineiro é campeão da Copa do Brasil após vencer o Cruzeiro por 1 a 0

tardelli

Diego Tardelli, novamente decisivo em clássicos

O Atlético Mineiro é campeão da Copa do Brasil pela primeira vez. O Galo derrotou o Cruzeiro por 1 a 0 no Mineirão e levou o título e a vaga na Libertadores 2015. Com o Mineirão com apenas 1.800 torcedores atleticanos, depois de uma polêmica sobre os ingressos, o Atlético anulou o campeão brasileiro. Com o gol de Diego Tardelli, de cabeça, a massa atleticana comemorou muito o título nacional.

O jogo – Aos 12 minutos, o Galo criou sua primeira oportunidade de gol. Luan roubou a bola e partiu em contra-ataque, o meia encontrou Marcos Rocha invadindo a área, só que o goleiro Fábio salvou ao dividir com lateral. Na sobra, Tardelli tentou completar de primeira, mas a bola foi para a fora.

Logo depois o Cruzeiro deu o troco. Aos 15 minutos, Fábio bateu o tiro de meta longo, Ricardo Goulart aproveitou a falha da marcação, invadiu a área e chutou cruzado para fora.

O Galo era melhor e criava mais chances no jogo. Aos 24 minutos, falta para o Atlético na ponta esquerda. Dátolo cruzou na pequena área e Tardelli, sozinho, escorou para a fora. O Galo teve de realizar sua primeira substituição logo aos 30 minutos. Luan torceu o joelho ao tentar um cruzamento e deu lugar para Maicosuel.

E foi logo Maicosuel que criou uma nova oportunidade para o alvinegro. Aos 42 minutos, o meia lançou Tardelli, que devolveu para Maicosuel. Ele invadiu a área e foi abafado por Fábio, a bola sobrou para Dátolo, que isolou por cima do gol.

Aos 46 minutos, o Galo conseguiu abrir o placar. Datólo cruzou na área da ponta direita, Tardelli passou por trás da zaga e cabeceou sozinho para as redes, 1 a 0 no Mineirão. O Atlético ampliou a vantagem que havia feito no Independência, O Cruzeiro precisaria agora fazer quatro gols para ficar com o título.

O Atlético passou a jogar mais recuado no segundo tempo, tentando os contra-ataques para ampliar o placar. Aos 6 minutos, Douglas Santos foi lançado na ponta esquerda, o lateral foi linha de fundo e cruzou no segundo pau para Maicosuel resvalar para fora.

O Cruzeiro passou a jogar no desespero. Aos 17 minutos, Éverton Ribeiro bateu falta para área atleticana e a bola sobrou para Ricardo Goulart chutar sozinho para fora.

O Galo conseguia segurar o resultado no Mineirão. Aos 30 minutos, Dátolo bateu uma falta forte no travessão de Fábio. Aos 38, o Cruzeiro ainda arriscou de longe com Ricardo Goulart, mas Victor defendeu firme. Aos 39, Leandro Donizete se desentende com Dagoberto é foi expulso pelo árbitro.

Só que não dava mais tempo para a raposa. O Galo fez um bela partida, não deu chances para o rival, e teve a chance até de fazer mais gols. O título garante o Atlético na Libertadores de 2015.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump