Armados com pipas, brincando com revolveres

meninos do traficoPor Adson Fernandes

A noite foi bem dormida, um frio intenso lá fora, a neve anunciada para cair começa a dar o ar da graça, fina e molhada, dissolve-se na calçada ainda repleta de gelo da ultima grande tempestade. A rua tranqüila, a vida segue, às vezes parece dura demais. Mas ainda assim vivemos bem, bem cheios de sonhos, bem mais americanos a cada dia de América, bem viventes e felizes cientes de que nada é de graça.
Bom dia America, bom dia mundo, bom dia Brasil!
O Bom dia Brasil nos mostra que lá o dia não é tão bom assim, a TV exibe crianças armadas com pipas de brinquedo, brincando com revolveres de verdade, soltando tiros contra uma polícia inimiga que mata no ninho esses pobres diabos.
Infelizes criaturas essas pobres crianças que se espelham em violentos bandidos, que também soltaram pipas, para se divertir e também para ganhar o sustento, no inicio de carreira alertando o tráfico da chegada da policia ao morro.
Tinha eu 10 anos, em plena ditadura militar quando no milésimo gol o Rei Pelé fez uma bela homenagem dedicando-o às crianças brasileiras abandonadas. Bonito gesto de Pelé que, para mim, seria mais louvável se ele não houvesse abandonado e negado a paternidade de uma moça. Que era ele de saia e que mais tarde foi comprovado por exame de DNA ser sua filha e ainda assim ele a renegou
Mas isso é outra estória, fato é que desde essa época eu só vejo a violência aumentar no nosso país, e aumenta também o número dos que concordam que basta diminuir a maioridade penal, amarrar esses pobres desgraçados com cadeados em postes e até mesmo a pena de morte para diminuir a violência no Brasil.
A origem da violência e trafico de drogas no Brasil passa necessariamente pela irresponsabilidade dos que implantaram a ditadura no nosso país, acrescida da incompetência e da falta de interesse da classe política e autoridades brasileiras dos três poderes. A falta de inteligência dos Generais e seus soldados acabou contribuindo para o surgimento de grupos como o Comando Vermelho. Grupos esses que surgiram nas prisões ao terem contato com presos políticos e suas técnicas de organização.
De lá para cá só vejo crescer a violência e cada vez mais agressivas são as imagens mostradas pela TV, muitas vezes ao vivo. A vida parece banalizada no Brasil e a culpa não é minha, não é sua e nem é dos governantes, a culpa é de todos nós. Nós que nos ausentamos, não pelo fato de estarmos morando aqui nos EUA, digo nós que nos ausentamos tantas vezes mesmo estando presentes lá no Brasil. Nós que cobramos honestidades e não agimos honestamente, praticando atos antiéticos, pequenos demais para serem considerados corrupção. Nós que burlamos e achamos bonito ser malandro esperto. A grande maioria de nós jamais participou de uma única reunião do Conselho de Segurança de nossas respectivas cidade. Vale lembrar que todos são convidados a oferecer sugestões, a comparecer e poucos comparecem. Nós que apontamos o problema, exigimos solução e nos ausentamos na espera que o outro faça por nós.
A violência de hoje é fruto de décadas de descaso, de consecutivos erros de Governantes e de todos nós, no meu entendimento somente o investimento pesado em educação será capaz de dar inicio na solução do problema. Investimento esse que nenhum Governo se dedicou a fazer desde a ditadura militar de 1964.
Não tenho eu a ilusão de que Governos resolverão o problema como em um passe de mágica, e muito menos acredito que verei meu país sem essa violência assustadora que a TV nos presenteia a cada dia. Entretanto tenho a certeza de que algo tem de ser feito e a esperança de que será feito no âmbito coletivo, com cada um assumindo sua responsabilidade hoje, para que no amanha os que vierem depois de nós possam assistir cenas de crianças usando as pipas apenas como instrumento de pura diversão.

Tenham todos uma ótimA SEMANA!

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump