Analista elogia interface do Apple Watch, mas vê exageros

iwatch548674684A Apple apresentou nesta terça-feira (9) seu relógio inteligente, o Apple Watch, que roda aplicativos, controla a saúde do usuário e se comunica com o iPhone.

É a primeira nova linha de produção da Apple desde o primeiro iPad e desde a morte de seu cofundador Steve Jobs. E, ainda que já existam outros relógios inteligentes no mercado, a empresa tem um histórico de entrar relativamente tarde em alguns mercados e ampliá-los ou mudar sua direção.

O relógio, que só será lançado no início de 2015, tem a elegância e a simplicidade típica dos produtos da Apple, analisa o especialista em tecnologia , Richard Taylor. Parece abrangente em termos de funcionalidade, apesar de custar US$ 349 para sua versão mais básica  30% a mais que seus rivais Android, Motorola e Sony.

O Apple Watch supera a concorrência no que diz respeito a monitoramento da boa forma dos usuários, mas algumas funções, como o “toque digital” para mandar mensagens e gestos a amigos, parecem servir apenas para chamar a atenção.

E o design, quadrado, pode parecer um pouco futurista demais, mas a ideia de produzi-lo em dois tamanhos pode ser boa, por ampliar seu interesse por parte do público feminino.

 

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump