Americano embala público e surpreende em abertura do show da Maria Gadú

Joe Nicholson

Joe Nicholson ficou conhecido como “ O Gringo da Viola”

Joe Nicholson ficou conhecido como o “Gringo da Viola” encantou os presentes no show da Maria Gadú com sua voz e gingado brasileiros.

A voz do povo é a voz de Deus, diz o ditado popular. Dias após a apresentação da Maria Gadú, o público presente – e também os desconsolados ausentes – ainda mencionam os acontecimentos do show pelos lugares frequentados pela comunidade brasileira, e o que as vozes das ruas dizem é que o público manteve-se maravilhado com o espetáculo do início ao fim, fosse pelo show da artista principal, pela presença ilustre de Gisele Bundchen e Tom Brady, ou pela surpresa do show de abertura com um americano cantando em português.

Joe Nicholson ou também conhecido como o gringo da viola foi quem fez o show de abertura e deixou o público estupefato com suas versões de Caetano, Tim Maia, Geraldo Pereira, Chico Buarque e outros notáveis artistas brasileiros, misturando com músicas populares norte-americanas e percorrendo entre línguas com desenvoltura.
A repercussão da abertura do show do estadunidense nascido em Marlborough com ascendência irlandesa foi tão grande que o rapaz foi convidado a participar de diversos programas de rádio e está com a agenda marcada com diversos shows e aparições em eventos nas próximas semanas.

Questionado pela edição de A Semana, o cantor e violeiro revelou que foi frequentando churrascos e festas brasileiras na região de Boston que se apaixonou pela cultura brasileira, e após cinco visitas ao Brasil finalmente conheceu sua esposa, Juliana da Matta Machado Nicholson, e ali se estabeleceu o fascínio pelo jeito de viver dos brasileiros. Hoje já não vive sem arroz e feijão, e só fez um pedido para a sua festa de casamento: coxinha sem catupiry.

Nas redes sociais, após o concerto foram encontradas em diversas postagens frases sobre o norte-americano, com o povo dizendo para que a gente não se esqueça desse nome: Joe Nicholson, o Gringo da Viola. E como a gente já sabe, deve ser a voz de Deus. Não esqueceremos.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump