Americana é decapitada por ex-colega de trabalho

preso

Alton Alexander Nolan, 30 anos, matou uma ex-companheira de trabalho com uma faca e teria tentado matar também uma segunda mulher

Nolan havia sido demitido da fábrica há poucos dias e teria retornado  ao local para se vingar dos funcionários que permaneceram empregados

homem decapitou uma mulher em uma fábrica de processamento de alimentos em Vaughan Foods em Moore, perto de Oklahoma, nos EUA. Por enquanto, ainda não há nenhuma indicação de que o caso seja um ato terrorista. As informações são do jornal Clarín.
Segundo a publicação, Alton Alexander Nolan, 30 anos, matou Colleen Hufford, 54 anos, com uma faca e teria tentado matar também uma segunda mulher, Traci Johnson, de 43 anos. O episódio aconteceu na tarde desta quinta-feira, mas só foi divulgado à imprensa nesta sexta-feira.
Nolan havia sido demitido da fábrica há poucos dias e teria retornado ao local para se vingar dos funcionários que permaneceram empregados. Segundo seus ex-colegas de trabalho, ele havia tentado se converter ao islamismo há alguns dias.
O criminoso só não conseguiu matar Traci porque foi detido por um tiro disparado pelo CEO da empresa, Mark Vaughn, que também é um membro da polícia de reserva. Nolan, foi encaminhado ao hospital local, mas passa bem. Ele foi preso, mas sua sentença não foi revelada.

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump