A brasileira bethe pagou muito caro pela Conversa fiada e lixo falado sobre a vida particular da rival na luta 190 ufc.

ronda-601

Trash talk ou trash talking

Por: Antônio Machado

Na madrugada deste domingo 2 de agosto no Rio de Janeiro o evento 190 UFC registrou 33 segundos para a americana Ronda Rousev nocautear Bethe Correia para manter o título da divisão galo feminina na luta principal da madrugada na Arena da Barra, no Rio de Janeiro. Considerada como uma das lutas mais importantes da história do MMA feminino, no peso-galo do UFC, que teve um duelo de invictas marcado por provocações de ambos os lados. A brasileira Bethe gritou na cara de Ronda Rousey na encarada antes da luta, manteve totalmente desleal e conflitante fugindo do núcleo da competição ganhando as Rede Sociais demonstrando legitimas inimigas e jamais rivais no contexto esportivo. Um nocaute clássico e brutal de uma campeã que é famosa por suas finalizações. desabafou “Espero que o meu pai tenha se divertido vendo essa luta hoje e Espero que ninguém nunca mais fale da minha família, que tenha sido a última vez “, esclarecendo o ocorrido quando tinha oito anos de idade a fatalidade sobre o pai que teve um problema grave na coluna e resolveu se suicidar antes de definhar e não ter mais nenhum movimento no corpo. .
A brasileira expôs ao público o ódio que sente da sua adversária ultrapassou os limites entrando na vida pessoal e intensiva provocação moral à americana. enquanto a Ronda não, declarou abertamente sua revolta,. A luta nem começou e acabou exatamente aos 33 segundos com a brasileira sendo massacrada com dois cruzados na têmpora da rival para que ela caísse com o rosto grudado no chão, completamente desacordada.
Acredito que a luta ganhou destaques na mídia com retoques seja pelo trash talk ou trash talking para muitos e não tanto para poucos. No Twitter, Bethe acaba de pedir desculpas à Ronda: “Nunca soube o que aconteceu com o seu pai. Sou humilde o suficiente para pedir desculpas a você. Família é uma benção de Deus para mim antes da luta e ao ser derrotada, afirmou ter arrependido das provocações

Notícias Relacionadas

Faça Um Comentário

O seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

A Semana » Developed by Truejump